9662533-jupiters-legacy-1

Imagine um mundo onde os filhos dos mais icônicos e famosos heróis da era de ouro, não querem nada além de sexo, drogas e rock and roll.

Pois será isso que você vai encontrar na hq “O Legado de Júpiter”.

Mais um excelente trabalho de Mark Millar, em parceria com Frank Quietly, desenhista de um dos quadrinhos mais aclamados do superman (All-Star Superman). Ótima hq que aborda um tema mais adulto, com uma história densa, que te fisga logo na primeira leitura.

Durante a grande depressão econômica que os Estados Unidos passaram durante o ano de 1929, um empresário chamado Sheldon Sampson, que está à beira da falência, começa a ouvir vozes e sonhar sempre com uma ilha distante que não consta em nenhum mapa conhecido. Sampson é o típico americano dos anos 30, patriótico e esperançoso com seu país, que passa por uma das piores crises que até então ele já tinha visto. As visões aparecem com mais e mais frequência, até o ponto de Sheldon reunir o pouco de dinheiro que lhe sobrou, um pequeno grupo de amigos, e partir para uma aventura em busca do desconhecido. E depois de dias sendo desacreditado pela tripulação e por seus companheiros, eis que surge na sua frente, como num passe de mágica, a majestosa e misteriosa ilha.

E com um salto de anos nós somos jogados no meio de uma batalha feroz entre um grupo de super heróis liderados pelo incrível senhor utópico (Herói baseado totalmente nas características e personalidade do superman) e o vilão Estrela Negra, o qual é derrotado brutalmente pelo grupo de heróis. E é nesse ponto que nós leitores começamos a acompanhar as traições, reviravoltas e disputas que essa fantástica HQ traz.

A história começa como uma hq qualquer de super herói, mas em poucas páginas ela já te mostra o teor bem mais pesado do que nós estamos acostumados a ver nesse segmento. Com uma mistura de super batalhas de heróis quase divinos, e a briga e discussão diária entre pais, que desejam que os filhos sigam seus passos, e filhos, que foram “estragados” por serem mimados demais, O Legado de Júpiter mostra de forma simples e impactante como esse caso corriqueiro no nosso dia a dia poderia atingir proporções globais numa família de supers heróis.

Esse quadrinho foi um daqueles que eu conheci por acaso, mas após terminar o primeiro volume, fui desesperadamente atrás das continuações. A hq já está em seu quinto volume, e os direitos da obra já foram vendidos para o cinema, mas ainda sem previsão de lançamento.