por Paulo Besz

LIGA-DA-JUSTICA-45-600x917

A história começa em uma espécie de calabouço em Apokolips onde finalmente vejo o primogênito de Darkseid, Kalibak. Em meio a vários ossos, Lobo da Estepe lhe conta que seu pai o convoca para a batalha, mas que ele deve seguir os planos de guerra dessa vez e não sair do controle e matar aliados de guerra na Terra. No discurso de Kalibak ele se mostra controlado naquele momento, mas fica claro o desprezo dele pelo pai e mais ainda por sua irmã, Cálice.

Na Pedra da Eternidade, lugar onde a Liga da Justiça ainda permanece adquirindo informações sobre seu inimigo, Batman busca com a poltrona Mobius saber quem é o Antimonitor, mas ele descobre que essa é a única informação que a poltrona não tem. Lanterna Verde o alerta sobre a poltrona, contando que mesmo ela tendo uma infinidade de conhecimentos, está ligada ao cérebro dele e que deve ser abandonada antes que cause algum dano permanente. Batman agora a considera como sua, ele tem a certeza que tem a força de vontade suficiente para controlar a poltrona sem ser prejudicado por ela e esse raciocínio é compartilhado por Cyborg, mas que também alerta para os perigos da Mobius.

Em Apokolips, nos deparamos com Luthor e Superman dessa vez, eles conversam enquanto caminham pelos campos dos escravos e Superman comenta que a única maneira de voltarem à Terra é encontrando uma caixa materna e uma deve estar em poder do mestre escravista. Após uma analise de Luthor sobre toxinas exógenas existentes no ambiente eles são atacadas por uma leva grandiosa de escravos desesperados que cumpriam as ordens de Darkseid e gritavam em uníssono “morte por liberdade”. Luthor os ataca com rajadas de energia, mas logo é advertido por Superman para não atacá-los, pois mesmo cumprindo ordens eram inocentes de alguma maneira. Após um golpe poderoso no chão que fez todos os vassalos voarem para longe, Superman descobre o porquê sua visão de raio X não funciona ali e porque ele está agora a sangrar. Em Apokolips não existe luz do sol, a fonte do poder dele.

Na Terra encontrarmos Lashina e Kanto no esconderijo de Myrina Black. Os dois descobrem que ela esteve com Scott instantes atrás, mas que pelo rastro de sangue no chão eles fizeram mais que conversar. Kanto tem uma dívida com Scott por ter sido o único a escapar dele, Lashina o convence a ir primeiro atrás do alvo deles, Myrina, depois ele poderia ir atrás de Senhor Milagre. Ainda na Terra, Cálice faz um rito para evocar Darkseid, com direito a símbolos desenhados na terra e sangue derramado.

De volta à Pedra da Eternidade, Flash agora sabe que Cálice usou seu corpo como portal para chegar à Terra. Batman revela a todos que Cálice é filha da amazona Myrina, assassina da Rainha Amazona e que ela e Diana nasceram no mesmo dia. No meio das revelações Senhor Milagre finalmente reaparece e é apresentado por Batman com um resumo bem rápido de sua vida. Scott percebe que Metron está preso pelo laço de Diana e então resolve dar sinal à Liga que está falando a verdade e prende sua mão no laço também. Reforçando o que a Liga já sabe, Scott apenas diz que a presença do Antimonitor é nociva ao planeta e eles precisam tentar fazê-lo deixar a Terra. Batman se recusa a ir com a Liga e segue os sussurros da poltrona para procurar informações nas profundezas do multiverso. Lanterna se oferece para ir com Batman, que de imediato recusa a companhia, mas logo vê que não tem escolha e segue com ele para o espaço atrás de respostas. A Liga segue para a Terra usando a caixa materna de Scott em conjunto com a tecnologia de Cyborg, eles acabam deixando para trás Metron algemado em uma das colunas (onde ele não se mostra nem um pouco satisfeito com tudo isso. Eu também não estaria).

Em uma rápida volta a Apokolips, Luthor e Superman ainda fogem. Superman quer tentar falar com os escravos que os perseguem, mas Luthor diz que eles podem não ter tanto sucesso nesta ação. Os dois se vêem encurralados com escravos das minas vindo de todas as partes para matá-los. Superman sabe que sem a luz do sol, logo ficará sem seus poderes e se vê obrigado a confiar em Luthor (isso vai dar em m*rda).

Na terra, o Antimonitor se mostra impaciente com a promessa de Cálice de trazer seu pai para a Terra, ela explica que as runas desenhadas funcionam como uma espécie de ritual amazônico para aprisionar as trevas no coração de um indivíduo, mas que ela mesma deu um toque especial para atrair Darkseid. No meio disso a Liga reaparece e o recado de Diana a sua irmã é que parta e não terá conseqüências, mas infelizmente é tarde demais. Darkseid já se encontra na Terra junto com todo o seu exercito de demônios e seus poderosos generais de guerra. Uma escolha difícil para a Liga, qual dos dois lados atacar primeiro? Como apenas seis heróis podem derrotar “Deuses”?

Como Odisseu uma vez teve que escolher entre seres poderosos que ele atacaria primeiro, a Liga deve escolher, mas qual deles seria o menor dos males? Independente de qual lado se escolha baixas acontecerão, às vezes não tem como escapar. Pois até os Deuses podem se voltar contra aqueles que lhe direcionam fé.

Até a próxima. ^^