Review:  MÔNICA:FORÇA de Bianca Pinheiro

Como escrevi na matéria anterior, as Graphic MSP já chegaram ao seu 12º volume e muito bem obrigado. Desta vez a convidada foi a quadrinista e ilustradora Bianca Pinheiro que possui um trabalho já reconhecido no cenário nacional com publicações como Dora e Bear e que recentemente foi vencedora do 27º Troféu HQ Mix 2015 na categoria Novo Talento – Roteirista.

teaser-do-msp-mc3b4nica-forc3a7a-quando-foi-anunciado-no-fiq-2015

As Graphic MSP já provaram que os personagens icônicos do Maurício de Sousa podem sim ser trabalhados de uma forma mais densa em situações que não veríamos nas publicações infantis/juvenis. Pela primeira vez no selo Graphic MSP temos uma história focada só na Mônica, personagem principal do Maurício.

graphic-msp-012-monica-forca-panini-2016-08

Desta vez as preocupações de nossa querida dentucinha vão além do Bullying ou de um castigo por fugir da escola, temas abordados em Turma da Mônica: Lições dos irmão Cafaggi. Aqui nossa protagonista que sempre foi sinônimo de força e coragem agora passa por um drama em família, drama esse que é cada vez mais comum nos dias de hoje, e para passar por isso ela terá de ser mais forte do que nunca, mas dessa vez nem o coelho Sansão nem os seus amigos poderão ajudá-la.

Em Monica: Força, Bianca Pinheiro nos entrega uma trama que dá aquele nó na garganta de aflição e ao mesmo tempo é cheia de emoção e carisma. Ela faz isso de forma majestosa com uma narrativa dividida entre diálogos e uma parte mais visual que é onde entra a sua capacidade de transmitir as diversas emoções através de uma arte super expressiva.

imagem3

O enredo leva-nos para o interior da casa dos Sousa, e é aqui onde quase toda a história se desenvolve, a autora consegue trabalhar bem esse espaço, as sequências e os ângulos que ela usa na diagramação te deixam envolvido com os sentimentos que são apresentados ali. O uso de onomatopeias para ditar o ritmo da narrativa é um artifício interessante tanto para quebrar o silêncio quanto para enfatizar o drama da personagem, foi um recurso muito bem trabalhado.

imagem4

A arte da Bianca Pinheiro deu um certo equilíbrio ao enredo, (É a primeira vez que leio algo da Bianca, e pra mim a arte dela funcionou muito),seu traço fofo, a arte-final e a paleta de cores formam um conjunto que dá vida ao roteiro e faz dessa uma grande história. Ela também aproveita e de forma sutil usa alguns elementos nos quadros que referenciam outro trabalho seu como quadrinista, o que em minha opinião enriqueceu ainda mais esse tom de realismo do enredo.

retrato-de-famc3adlia

Por tudo isso Mônica:Força é mais um acerto do selo Graphic MSP, uma história tocante e sensível, capaz de mexer com as emoções do leitor e que no final traz uma grande mensagem.