Considerado por muitos críticos a obra máxima dos mangás, Lobo Solitário, tornou-se referência mundial para as artes visuais como o cinema. Também é tida como um relato fiel da época de ouro dos samurais, o Período Edo (1603 – 1868).

O Mangá retrata a jornada de Itto Ogami e seu filho Daigoro no caminho sangrento de um ronin (um samurai andarilho) em busca de vingança contra a Família Yagyu que é o braço direito do Shogun e a qual causo a ruina do Clã Ogami.

Ele é bom? … Olha ele é bom sim, mas só por esse volume não diria que ele é tudo o que dizem (diferente de do mangá de Vagabond que já no primeiro volume foi sensacional). Nesse primeiro volume vamos acompanhando a jornada de Ogami e seu filho por diversos locais, sempre sendo contratado como assassino pra resolver alguma disputa politica, cada capitulo é isolado e segue um ritmo simples, lutas rápidas e um final um tanto poético de: “após uma batalha de vida ou morte o único caminho é seguir em frente se olhar pra trás” (todo final de capitulo termina com eles, pai e filho, sumindo no horizonte).

Nesse primeiro volume ele mostra a que veio, achei no começo a arte muito escura, mas isso melhora no decorrer dos capítulos, a arte em si é bem datada (não é pra menos afinal é um mangá dá década de 70), mas isso deixa a obra com um ar mais característicos do Japão feudal. As cenas de ação são muito rápidas e precisas, mas não causam confusão e o leitor consegue entender tudo o que acontece. Como primeiro volume foi muito bom e promissor, tem tudo pra se tornar o clássico que é consagrado por muitos, mas isso ainda não aconteceu nesse volume ainda!

E não pode ser deixado de citar que as capas têm artes de diversos artistas famosos e em especial a desse primeiro volume (e de alguns outros) são do mito dos quadrinhos americanos Frank Miller!

Lobo solitário originalmente foi publicado no Japão entre os anos de 1970 a 1976. Já tendo sido publicado anos atrás pelas editoras Cedibra (não mais existente), Nova Sampa e Panini. Essa nova edição da Panini ira contar com 28 volumes em publicação bimestral, ao preço de 18,90. A edição embora mais cara, está nos mesmo padrões de One Punch Man!

Powered by WP Review