Com felicidade nos olhos e alegria nos dedos, hoje lhes trouxe uma breve introdução de uma excelente leitura tupiniquim ambientada em um cenário totalmente pós-apocalíptico mundial. Estamos falando de Os Poucos e Amaldiçoados, quadrinho nacional com roteiro de Felipe Cagno (Fast Comics, Lost Kids, Classfied, Bom Demais) e arte de Fabiano Neves (Constantine, Vampirella, Red Sonja, Marvel Zombies vs. Army Of Darkness, JLA Vibe).

Primeira e segunda edição de Os Poucos e Amaldiçoados lançadas até o momento.

Entendendo Os Poucos e Amaldiçoados

Em Os Poucos e Amaldiçoados, minissérie de seis edições, acompanhamos a jornada da Ruiva, uma destemida (e bota destemida nisso) caçadora de maldições e tesouros em um mundo pós-apocalíptico onde quase toda a agua do mundo simplesmente despareceu e a humanidade tem que sobreviver nas piores condições possíveis.

Com o mundo em decadência e a sobrevivência beirando o impossível, aqueles que restaram se veem obrigados a se envolver com maldições, pactos ocultos e o sobrenatural. Seres como os terríveis Corvos de Mana’Olana são a razão da existência da Ruiva e sua determinada busca por equilíbrio em um mundo sem lei.

Os Poucos e Amaldiçoados – Os Corvos de Mana’Olan
Arte de Rafael Vasconcelos.

 

De uma personalidade forte, um estilo mortal bem como Clint Eastwood e sabedoria sobrenatural a lá John Constantine, A Ruiva é aquela personagem cativante justamente por ser uma excelente representação de coragem e insolência. A primeira edição do quadrinho nos apresenta o ambiente quente e seco dos clássicos filmes de faroeste do século passado, mas sem aquele estereótipo de um personagem masculino extremamente durão e que cospe no chão a todo instante. Não que o personagem principal não seja durão, até porque, estamos falando da Ruiva, né meus amigos.

Enredo

Já nas primeiras páginas da edição, é possível identificar a forte personalidade da personagem principal. Nas Terras Ermas da República de San Francisco rumo a Mountain View, nossa cativante personagem parte a procura de trabalho. Sua primeira parada? Um bar local. Dotada de toda educação e carisma do mundo (só que não), após uma breve confusão, A Ruiva já encontra sua primeira caçada: Tsilkàli, a Gigante Serpente. Um ser sobrenatural que se alimenta de pessoas, digamos, importunas.

A Ruiva
A Ruiva e sua cordialidade.

As duas primeiras edições são excelentes para os amantes de Ficção, Sobrenatural, Estilo Western e Ação. Com um roteiro direto e bem elaborado, a história consegue prender o leitor lhe entregando tudo que promete e mais. As artes não ficam por menos. Fabiano Neves trabalha muito bem os painéis de ação, com quadros que deixariam de boca aberta muitos diretores dos filmes de ação/horror/gore por aí. A ambientalização do cenário pós-apocalíptico de um mundo há 70 anos sem água, também, não deixa por menos. Felipe Cagno acerta (e em cheio) na construção de uma personagem que foge do arquétipo padrão dos heróis, conseguindo ser uma junção de todos, deixando o leitor apaixonado com aquele jeitão da Badgirl.

Cartase – Crowdfunding do Amor

Os Poucos e Amaldiçoados já possuí duas edições publicadas pela Timberwolf Entertainment através das plataformas de crowdfunding Catarse & Kickstarter no Brasil e na gringa. Devido ao grande sucesso da personagem, a série ganhou mais dois capítulos (de uma só vez) que conta, atualmente, com mais de 450 apoiadores no Catarse.

 

Edição 3 de Os Poucos e Amaldiçoados já publicada na gringa.

As partes 3 e 4 de Os Poucos e Amaldiçoados terão 32 páginas coloridas por Dinei Ribeiro, Marcio Menyz e Tiago Barsa. Edição será publicada no tamanho padrão americano e a campanha fica no ar até dia 1o de Novembro. Os pacotes de recompensas começam em apenas R$25 pelas duas revistas e ainda oferecem também um combo com todas as primeiras quatro edições por R$45 – oportunidade única de se adquirir a primeira edição depois que ela esgotou toda a sua tiragem no final de 2016.

 

Gostou? Então não deixe de apoiar o cenário de quadrinhos nacional, acesse o link abaixo e seja um apoiador do projeto.

Link para a campanha: https://www.catarse.me/ARuiva3